ELEIÇÕES: saiba o que pode ou não ser feito por cooperativas

Está no ar o terceiro episódio da série Cooperativismo e as Eleições 2018.

O novo vídeo estimula os cooperados brasileiros a comparar as propostas dos candidatos para saber qual deles vai ajudar mais no desenvolvimento do setor, nos próximos anos. Mostra, ainda, o que pode e o que não pode ser feito por cooperativas no cenário eleitoral.

Dentre o que elas estão autorizadas a fazer, por exemplo, estão: promover debates sobre o voto consciente junto a grupos interessados e, ainda, apresentar as propostas do cooperativismo aos candidatos que disputam uma vaga para dirigir os poderes Executivo e Legislativo, nos níveis municipal, estadual e federal. O vídeo também reforça o fato de que as cooperativas não podem doar dinheiro para financiar campanhas eleitorais.

Confira também:

Episódio 1
Episódio 2
Cartilha

Bruno Oliveira

Bruno Oliveira

Analista de Comunicação do Sistema OCB/RJ. Formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte, MBA em Marketing e Comunicação Empresarial e em Comunicação e Marketing em Mídias Digitais.