Sistema OCB promove Seminário das cooperativas de transporte da Região Sudeste

O cooperativismo de transporte está cada vez mais forte no Brasil! Segundo dados do Anuário 2021, elaborado pelo Sistema OCB, das 4968 cooperativas atuantes no país, o Ramo conta com 984, além de 90 mil cooperados e aproximadamente 5 mil empregados.

Tamanha representatividade fez o Sistema OCB realizar pelo segundo ano seguido os Seminários Regionais do Ramo Transporte. O objetivo é discutir oportunidades para o setor e fomentar a construção de estratégias entre as cooperativas.

Os primeiros de 2021 ocorreram com as Regiões Norte, Nordeste, Centro-Oeste e Sul. E na última quinta-feira (21/10), 75 pessoas, entre dirigentes, gestores e colaboradores das cooperativas de transporte da Região Sudeste marcaram presença na reunião on-line a fim de debater o cenário atual, analisar as oportunidades e ameaças internas e externas ao Ramo e identificar possiblidades da economia pós-pandemia.

A atividade também contou com as participações da superintendente do Sistema OCB, Tania Zanella; do coordenador nacional do conselho consultivo do Ramo Transporte, Evaldo Matos; da gerente de Relações Institucionais da OCB, Clara Mafia – que apresentou os principais produtos e os serviços da instituição -; do analista Técnico e Econômico da OCB, Tiago Barros Freitas, do superintendente do Sescoop/RJ, Abdul Nasser, e de colaboradores das Unidades Estaduais do Sistema OCB/RJ, Sistema Ocesp, Sistema Ocemg e Sistema OCB/ES.

De acordo com o conselheiro consultivo do Ramo Transporte, Evaldo Matos, apesar dos grandes desafios apresentados pelo mercado e das mudanças sensíveis de comportamento do consumidor, o transporte está diante de um enorme portfólio de oportunidades.

“Só o e-commerce no Brasil bateu recorde de vendas no primeiro semestre de 2021, atingindo R$ 53,4 bilhões, crescimento de 31% em relação ao mesmo período do ano anterior. Foram 42 milhões de pessoas comprando pelo e-commerce, sendo que, desses, 6,2 milhões eram novos usuários. O Brasil é o país que tem a maior concentração rodoviária de transporte de cargas e passageiros entre as principais economias mundiais. A malha rodoviária é utilizada para o escoamento de 75% da produção no país. Temos o melhor modelo de organização de mão de obra para prestação de serviço, que é o Cooperativismo.  Estamos estruturados em um modelo sistêmico cooperativista que nos permite ter acesso a informações e conhecimentos capazes de transformar nossa Gestão e Governança, e nos projetar frente ao mercado consumidor como atores de excelência. Enfim, são muitas variáveis que nos permitem ver além das dificuldades. E o papel das lideranças ou dirigentes é apontar o futuro, mobilizar recursos para torná-los realidade, ajustando o curso quando necessário”, disse Evaldo.

Após o evento, o superintendente do Sescoop/RJ, Abdul Nasser, fez elogios ao Sistema OCB  e à forma como a instituição vem conduzindo os trabalhos com as cooperativas do Ramo Transporte.

“Meu primeiro contato com o cooperativismo foi há mais de 20 anos, quando ingressei numa cooperativa de transporte. Desde então, é perceptível a evolução do Ramo. Hoje, não há mais distinção entre as vertentes do segmento. O planejamento estratégico elaborado pelo Sistema OCB abrange a categoria de fretamento, cargas e transporte de passageiros. O trabalho é inclusivo, o que é motivo de orgulho para todos. E o Seminário do Ramo Transporte é o exemplo de que caminhamos rumo à sustentabilidade do setor, que muito contribui para a economia do país. Parabenizo o coordenador nacional do conselho consultivo do Ramo Transporte, Evaldo Matos, pela visão empreendedora, e o técnico Tiago Barros pela condução impecável e super atualizada.”

Bruno Oliveira

Bruno Oliveira

Analista de Comunicação do Sistema OCB/RJ. Formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte, MBA em Marketing e Comunicação Empresarial e em Comunicação e Marketing em Mídias Digitais.