Projeto Balcão de Negócios do Sescoop/RJ gera oportunidades para cooperativas de todo o Brasil

Com criatividade e inovação, o Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo no Estado do Rio de Janeiro (Sescoop/RJ) transformou o isolamento social gerado pela pandemia de Covid-19 em oportunidade para a realização de novos negócios entre as cooperativas. Em maio de 2020, a entidade criou o Projeto Balcão de Negócios Coopera Mais Rio que, desde então, gerou mais de 100 negócios, envolvendo mais de 90 cooperativas de diversos estados do país.

Em meio às restrições de circulação por conta do isolamento social e diante das dificuldades financeiras enfrentadas imediatamente por cooperativas de diversos setores, o Sescoop/RJ criou um programa que pôs em prática um princípio internacional do Cooperativismo, que é a intercooperação. O Balcão de Negócios Coopera Mais Rio reúne empreendedorismo cooperativo e intercooperação e funciona como vitrine para as cooperativas poderem falar sobre seus produtos e serviços.

Durante os encontros, cada dirigente faz uma apresentação em formato pitch, de até dois minutos.  Em cada edição, que acontece mensalmente, há sempre um palestrante convidado, de áreas como inovação, tecnologia, marketing, empreendedorismo, negócios, comunicação, vendas, entre outras. Participam da iniciativa representantes dos setores agropecuário, crédito, consumo, infraestrutura, saúde, transporte e trabalho e produção de bens e serviços.

Somente no ano passado, mais de 70 cooperativas do estado do Rio de Janeiro se envolveram no projeto, o que gerou um conjunto de 50 novos negócios entre essas instituições. A partir de janeiro deste ano, o programa se abriu a interessados de todo Brasil e hoje já engaja mais de 90 cooperativas, resultando em mais de 100 negócios articulados.

“O Balcão de Negócios Coopera Mais Rio promove intercooperação entre cooperativas, treinamento e aprendizado. O resultado é um celeiro de oportunidades que se abriu entre cooperativas do Rio e de outros estados. Além de ter um espaço para vender e comprar produtos, as cooperativas encontram inspiração para inovar em seus negócios”, explicou o superintendente do Sescoop/RJ, Abdul Nasser.

Acompanhando o processo desde o início, Abdul Nasser revela que cooperativas de setores diferentes inovaram em seus negócios por conta dessa possibilidade constante de interação e de aprendizado. “Muitas cooperativas aprenderam a fazer apresentações rápidas e objetivas para vender seus produtos em até dois minutos. Eles também têm acesso a conteúdo objetivo e de aplicação imediata, o que enriquece muito a gestão de seus negócios”, completou o superintendente do Sescoop/RJ.

Fonte: Insight – Assessoria de Imprensa do Sescoop/RJ

Bruno Oliveira

Bruno Oliveira

Analista de Comunicação do Sistema OCB/RJ. Formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte, MBA em Marketing e Comunicação Empresarial e em Comunicação e Marketing em Mídias Digitais.