Sistema OCB/RJ inicia 2021 com novos cursos; capacitações unem treinamentos e mentorias

Compartilhe

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no print

O Sistema OCB/RJ, por meio do setor de Formação Profissional, acaba de lançar na plataforma Capacitacoop, três cursos on-line e gratuitos voltados ao fomento do cooperativismo  e potencialização dos negócios sustentáveis das cooperativas do estado do Rio de Janeiro: Liderança Cooperacionista, Gestão do Tempo e Vendas Consultivas. O projeto é em parceria com a Coletiva – cooperativa especializada em educação corporativa e colaborativa. Clique aqui para fazer a sua inscrição.

Ao todo são 15 horas de conteúdos práticos e teóricos. Em Liderança Cooperacionista os alunos vão entender como vincular os comportamentos da sua liderança aos princípios cooperativistas, de modo a amplificar a coerência da atuação com todos os stakeholders, considerando a dupla qualidade das relações. Em Gestão do Tempo o objetivo é proporcionar aos participantes a ampliação da produtividade no trabalho, a partir da autogestão e da compreensão de prioridades, e respectivos impactos no negócio. Já em Vendas Consultivas a proposta é aprender a realizar negócios perenes, visando a fidelização em uma relação próspera para clientes, associados, comunidades e à cooperativa.

Além das capacitações, o projeto prevê 10 mentorias individuais com direito a aula on-line com 2 horas de duração para aprofundamento dos conceitos e das ferramentas abordadas em cada um dos cursos. Um educador da equipe da Coletiva fará um acompanhamento personalizado das atividades das cooperativas, com contatos diários por WhatsApp e telefone por um período de 15 dias.

Para participar da mentoria, as cooperativas  precisam se inscrever e atender a alguns critérios, tais como estar adimplente junto ao Sistema OCB/RJ, participar dos Programas de Gestão PAGC ou PDGC, o colaborador indicado pela cooperativa para participar da mentoria deve ter concluído os três cursos até 30/4/2021 e alcançado nota superior a 7,0 nas avaliações, entre outros. Saiba mais aqui.

Para dar mais detalhes sobre o projeto, conversamos com Luis Caversan, vice-presidente da Cooperativa Coletiva, especialista em programas de vendas e liderança e um dos responsáveis pela elaboração dos cursos e da monitoria.

Sistema OCB/RJ: Quais as propostas dos três cursos e da mentoria? Por que é importante as cooperativas participarem e qual o diferencial deste projeto?

Luis Caversan: As três trilhas de educação possuem o desejo de fomentar o cooperativismo e potencializar negócios sustentáveis às cooperativas do estado do Rio de Janeiro

A primeira trilha tem foco em vendas consultivas, com o objetivo de os colaboradores e sócios perceberem as oportunidades de negócio em cada uma das interações com os clientes ou cooperados, ou seja, essa trilha foi criada para todos os colaboradores, pois todos somos vendedores em algum momento de nossa vida profissional e pessoal.

Quanto mais estivermos conscientes de que a venda é muito mais que uma mera transação financeira, melhores serão as experiências proporcionadas em cada interação e os negócios emergirão mais facilmente com pessoas arrojadas na busca de atender as necessidades dos cooperados com as soluções de acordo com cada momento. É preciso ter olhos para enxergar mais do que o bolso dos nossos cooperados, assim como um médico, realizar o diagnóstico e propor o melhor tratamento é parte do trabalho de todos os colaboradores da cooperativa.

Na trilha de Liderança Cooperativista nosso desejo é que os participantes absorvam os conceitos e os apliquem – é a chamada práxis (teoria que gera atitude), que eles em posse desses conteúdos vinculem os comportamentos da sua liderança aos princípios cooperativistas, de modo a amplificar a coerência da atuação com todos os stakeholders, considerando a dupla qualidade das relações. Foi pensando na liderança enquanto atitude, muito mais que um cargo ou posição na hierarquia organizacional dentro das cooperativas – se absorver de maneira efetiva os conteúdos – posso ser líder nos meus relacionamentos e projetos, influenciando positivamente todos que me cercam.

Esse material foi construído para uma vivência vinculada à prática da gestão no dia a dia do trabalho, mesmo que em EAD os participantes serão convidados a realizarem reflexões e ações que gerem consciência e impacto direto nas relações.

A terceira trilha de Gestão do Tempo foi construída com o intuito de uma autoanálise dos comportamentos corriqueiros e as atividades do trabalho, para que cada participante consiga se perceber em suas funções e utilize seu tempo da melhor forma possível.

Com técnicas e ferramentas os colaboradores e sócios das cooperativas conseguirão ser mais eficientes e eficazes em suas atribuições, além de possuírem uma maior consciência sobre a importância do tempo e de suas vidas.

Ao término desse processo de educação as pessoas que obtiverem o maior engajamento e alcançarem os critérios estipulados pelo Sistema OCB/RJ serão mentoras para conectar os aprendizados e vivências com o trabalho na cooperativa, isso em busca de um maior benefício aos envolvidos.

Nosso desejo e diferencial é a customização das abordagens de acordo com a necessidade do mercado. Criando programas que sejam atuais e gerem melhores resultados aos clientes”.

Sistema OCB/RJ: Os temas escolhidos foram vendas,  liderança e gestão do tempo. Como avalia estas estratégias para o sucesso das cooperativas em seus respectivos negócios, ainda mais em um momento de crise econômica pelo qual o mundo atravessa?

LC: Acredito que os temas escolhidos pela diretoria do Sistema OCB/RJ foram acertados, pois são basilares para uma melhor formação das equipes em atender com qualidade a comunidade.

Influenciar a tomada de decisão e vender um produto, serviço ou até mesmo uma ideia é necessário em todas as relações e no nosso dia a dia. Se tivermos consciência de todas as técnicas e ferramentas que podemos usar para nos autocapacitar, passamos a ser autocríticos quanto à forma que estou me relacionando com as pessoas e como engajar e impactar positivamente a todos em meu entorno (liderar!).

E por fim, ter controle sobre como estou gerindo meu tempo, que é uma das coisas igualitárias no mundo (se sou milionário ou possuo uma baixa renda) tem 24 horas em meu dia! O que eu faço com meu tempo diferencia meu sucesso.

Logo, os assuntos abordados nessas três trilhas irão fortalecer as competências das cooperativas do estado do Rio de Janeiro e prepará-las para enfrentar os desafios econômicos de 2021.

Temos produtos e serviços incríveis no cooperativismo, precisamos saber nos posicionar e vender de forma ativa!

As pessoas e equipes muitas vezes são engajadas com a causa, temos a missão de liderar e inspirar, estando juntos e orientando quando necessário quais caminhos seguir formando equipes de alto desempenho.

Temos muitas demandas e trabalho, devemos utilizar nosso tempo da melhor forma possível, garantindo a eficácia e a obtenção de crescimento econômico e social!

Sistema OCB/RJ: O que representa para a Cooperativa Coletiva realizar esta parceria de educação corporativa, e quais são as expectativas para o projeto e para o futuro ?

LC: Queremos muito que esse projeto prepare os participantes para suas atividades e contribua com o desenvolvimento das cooperativas do estado do Rio de Janeiro, porque o desejo do Sistema OCB/RJ é ambicioso em gerar uma cidade mais cooperativista e estarmos envolvidos nisso é gratificante e motivo de muito orgulho.

Esse projeto já nos abriu portas em outros Sescoops pelo Brasil e gera credibilidade com outros clientes. Por isso, nosso sentimento é de gratidão por terem acreditado e confiado em uma cooperativa recém-constituída, porém constituída por pessoas que têm paixão pela educação e o sonho grande de levar essa paixão aos quatro cantos do Brasil.

No futuro desejamos criar cada vez mais projetos que impactem a vida das pessoas e gerem negócios prósperos. O nosso propósito é potencializar a abundância coletiva por meio da educação colaborativa nos negócios. E queremos mais, já pensamos em criar uma academia de negócios cooperativos e gerarmos mais conexão com outras cooperativas, empresas e o mercado, e levarmos um conteúdo da mais alta qualidade.

Quanto mais estivermos conscientes de que a venda é muito mais que uma mera transação financeira por um produto ou serviço melhores serão as experiências proporcionadas em cada interação e os negócios emergirão mais facilmente com pessoas arrojadas na busca de atender as necessidades dos cooperados e clientes com as soluções de acordo com cada momento. É preciso ter olhos para enxergar mais do que o bolso dos nossos cooperados e clientes, assim como um médico, realizar o diagnóstico e propor o melhor tratamento é parte do trabalho de todos os colaboradores da cooperativa.

Bruno Oliveira

Bruno Oliveira

Analista de Comunicação do Sistema OCB/RJ. Formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte, MBA em Marketing e Comunicação Empresarial e em Comunicação e Marketing em Mídias Digitais.

Você também pode gostar de:

Destaques