47 anos de compromisso pelo desenvolvimento do cooperativismo fluminense

O Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado do Rio de Janeiro (OCB/RJ) completa neste sábado – 10 de março – 47 anos de trabalho em defesa do cooperativismo fluminense.

São mais de quatro décadas exercendo representação sindical das cooperativas junto aos poderes públicos e à Sociedade Civil.

Atualmente, 463 cooperativas estão filiadas à OCB/RJ. Estes números tornam-se mais expressivos quando falamos em cooperados: mais de 165 mil em todo o estado. Somado a isso, o cooperativismo fluminense gera quase 6 mil empregos diretos e indiretos.

Segundo o presidente do Sistema OCB/RJ, Marcos Diaz, a instituição trabalha alicerçada nos princípios cooperativistas.

“Autonomia e independência, intercooperação, interesse pela comunidade, formação e gestão democrática são os nossos pilares. Vale ressaltar, também, a nossa constante aproximação com a base cooperativista, o que nos remete a conhecer a real necessidade dos cooperados, investindo em treinamentos e projetos de divulgação do cooperativismo para a sociedade, o que resulta em novos negócios para as cooperativas”, destacou.

Como surgiu

O Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado do Rio de Janeiro (OCB/RJ) surgiu dois anos após a criação da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), em 1971, ainda como Organização das Cooperativas do Estado da Guanabara (OCEG). Com a unificação dos estados da Guanabara e do Rio de Janeiro, em 1975, surgiu a Organização das Cooperativas do Estado do Rio de Janeiro (OCERJ). Quase 20 anos depois, a OCERJ muda de nomenclatura e passa a ser o Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado do Rio de Janeiro (SOCERJ).

Em 2004, a SOCERJ torna-se Federação das Cooperativas Brasileiras do Estado do Rio de Janeiro (OCB/RJ). Por fim, em 2014, a OCB/RJ, após reforma estatutária, voltou a ser o Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado do Rio de Janeiro.

Reportagem: Bruno Oliveira e Richard Hollanda – Comunicação do Sistema OCB/RJ

Richard Hollanda

Richard Hollanda

Analista de Comunicação e Tecnologia do Sistema OCB/RJ. Graduado em Jornalismo pela Universidade Veiga de Almeida (UVA) e pós-graduado em Administração em Marketing e Comunicação Empresarial pela UVA.