Ceral torna-se permissionária de energia elétrica

A Cooperativa de Eletrificação Rural de Araruama (Ceral) assinou nesta quarta-feira, 19 de setembro, o contrato de permissão da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). A sua autorização para ser permissionária tinha sido aprovada no mês de maio, após reunião ordinária da diretoria da agência reguladora.

Até o momento da assinatura do contrato de permissão, a Ceral precisou ter homologação da área de atuação; homologação das tarifas iniciais e fornecimento e assinatura do contrato de permissão.

Da esquerda para direita: o representante estadual do ramo Infra, Helon Marins, o presidente da Ceral, Sergio Barreto, o representante da Aneel e o presidente do Sistema OCB/RJ, Vinicius Mesquita

O momento da assinatura contou com a presença do presidente do Sistema OCB/RJ, Vinicius Mesquita, e do representante estadual do ramo Infraestrutura, Helon Alves Marins.

Histórico

Até o momento da autorização para ser permissionária, a Ceral funcional na condição de instituição cooperativista autorizada e as tarifas de suprimento eram estabelecidas nos processos tarifários das supridoras. Já os descontos aplicados têm origem histórica e estão sendo reduzidos gradualmente nos termos do Decreto nº 7891, de 23 de janeiro de 2013, que dispõe sobre as concessões de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica, sobre a redução dos encargos setoriais e sobre a modicidade tarifária.

Reportagem: Richard Hollanda – Comunicação Sistema OCB/RJ

Richard Hollanda

Richard Hollanda

Analista de Comunicação e Tecnologia do Sistema OCB/RJ. Graduado em Jornalismo pela Universidade Veiga de Almeida (UVA) e pós-graduado em Administração em Marketing e Comunicação Empresarial pela UVA.