Hugo Leal é candidato à Prefeitura do Rio e Empreendedorismo Cooperativo é uma de suas linhas de ação

O cooperativismo, por onde passa, é responsável pelo desenvolvimento social e econômico. E no Rio de Janeiro, o modelo econômico pode proporcionar o ressurgimento da cidade, atingida por uma forte crise financeira nos últimos anos. Tanto pode, que está presente no programa de governo do candidato à Prefeitura do Rio de Janeiro, Hugo Leal (PSD), oficializado em 7 de setembro, em convenção no Centro do Rio de Janeiro.

Leal é Deputado Federal e integra Frente Parlamentar do Cooperativismo (Frencoop), no Congresso Nacional. E, recentemente, atuou, em conjunto com o Deputado Arnaldo Jardim (SP), na Emenda ao PL 6.229/05, aprovada pela Câmara dos Deputados, e que excluiu atos cooperativos dos efeitos de recuperação judicial.

Durante a convenção de seu partido, Leal comentou a importância do segmento cooperativo.

“Vamos atuar com o Empreendedorismo Cooperativo como mecanismo privilegiado de geração de oportunidades e renda. Nossa proposta é fazer com que este tipo de modelo dê certo em nossa cidade. Queremos que as cooperativas sejam autônomas e não fiquem dependentes das instituições públicas. A meta é implantar em diversos bairros pólos de encubadoras de cooperativas e pequenos negócios”, afirmou o candidato.

Assista ao trecho em que cita o Empreendedorismo Cooperativo

O fato de o cooperativismo estar presente no programa de candidato à Prefeitura carioca ressalta a importância que o assunto tem tido por parte de Hugo Leal. Recentemente, ele participou de uma reunião com o presidente do Sistema OCB/RJ, Vinicius Mesquita, e o superintendente do Sescoop/RJ, Abdul Nasser.

Na oportunidade, o candidato ele conheceu as questões doutrinárias do cooperativismo, debateu modelos de empreendedorismo no setor e discutiu possíveis propostas de emendas parlamentares e projetos a serem defendidos na Câmara dos Deputados, de modo a viabilizar que o Empreendedorismo Cooperativo seja um das alternativas para a retomada do crescimento econômico brasileiro.

O presidente do Sistema OCB/RJ, Vinicius Mesquita, afirmou que o fato do segmento cooperativista aparecer no programa de governo do candidato à prefeito Hugo Leal retrata o momento do segmento e da cidade.

“O cooperativismo sempre se fortaleceu em períodos de crise e transforma a vida das pessoas por onde passa. E acho que este é o momento da cidade do Rio de Janeiro se voltar ao cooperativismo, e retomar o crescimento tão desejado por todos. Que outros candidatos tenham esse olhar com o cooperativismo. E nós do Sistema OCB/RJ estamos de portas abertas para apresentar o segmento aos candidatos”, finalizou Vinicius.

Richard Hollanda

Richard Hollanda

Analista de Comunicação e Tecnologia do Sistema OCB/RJ. Graduado em Jornalismo pela Universidade Veiga de Almeida (UVA) e pós-graduado em Administração em Marketing e Comunicação Empresarial pela UVA.