Cooperativismo no Game: Sistema OCB/RJ recebe uma das fases do Indie Hero, um dos maiores eventos da indústria de games do Brasil

Nos dias 4 e 5 de julho o Sistema OCB/RJ vai receber em sua sede no Centro do Rio de Janeiro o Pitch Day Oficial do Programa de Investimentos Indie Hero 02 (PIIH02), evento que está em sua 2ª edição e tem o objetivo de fortalecer o ecossistema de desenvolvimento de jogos digitais, a fim de gerar conexões entre estúdios de desenvolvimento de jogos e investidores.

Na ocasião, os 35 participantes inscritos apresentarão, de forma híbrida (presencial ou digital), por meio de pitchs, seus projetos para um grupo seleto de investidores de todo o mundo. Estes irão avaliar: a oratória e coesão dos pitches; o domínio da língua inglesa; a apresentação das informações, o plano de negócios e os recursos de apresentação. O resultado dos projetos que forem selecionados pelos investidores está previsto para o dia 8 de julho.

O evento, que tem o Sistema OCB/RJ como um dos patrocinadores, será  realizado pela Indie Hero, startup brasileira que conecta publicadoras de jogos e investidores com desenvolvedores de games, além de oferecer  suporte na elaboração do plano de negócios, de marketing, apresentação de pitch, conhecimentos atualizados sobre o mercado e outros serviços.

De acordo com a CEO da Indie Hero, Juliana Brito, a proposta da startup com a criação do Programa de Investimentos é promover, a médio a longo prazo, que desenvolvedores que já possuem um projeto de game consigam conectar seu jogo, por meio de investidores, às oportunidades sustentáveis.

“Observamos a falta de oportunidades para gamedevs do mundo todo em construir, melhorar, ampliar seus portfólios e publicarem seus jogos. Em especial, aos gamedevs iniciantes que buscam entrar no mercado. Notamos também, que apesar de um crescimento considerável da produção de jogos independentes, há uma grande taxa de descontinuidade desses projetos, por não possuírem habilidades ligadas à negócios, acesso a serviços de suporte ao desenvolvedor e conexão com investidores ou publishers, resultando em altas taxas de descontinuidade dos projetos. Sendo assim, a missão do Programa de Investimentos Indie Hero é permitir que desenvolvedores de jogos possam viver de suas obras”, explicou Juliana.

Para o superintendente do Sistema OCB/RJ, Abdul Nasser, o cooperativismo busca sempre a inovação, e os games trazem esse viés tecnológico, além de ser uma das áreas que mais cresce no mundo, podendo gerar oportunidade e renda de forma cooperativa.

 

Bruno Oliveira

Bruno Oliveira

Analista de Comunicação do Sistema OCB/RJ. Formado em Comunicação Social, com habilitação em Jornalismo. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte, MBA em Marketing e Comunicação Empresarial e em Comunicação e Marketing em Mídias Digitais.

Balcão de Negócios

Destaques