OCB/RJ realiza AGO e AGE e aprova pautas por unanimidade

Compartilhe

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email
Share on print

O Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado do Rio de Janeiro (OCB/RJ) recebeu nesta quinta-feira (28/11), em sua sede, representantes de cerca de 50 cooperativas fluminenses para as Assembleias Gerais Ordinária (AGO) e Extraordinária (AGE).

A mesa de abertura foi composta pela diretoria da instituição, liderada pelo presidente Vinicius Mesquita, que teve ao seu lado o vice-presidente Dr. Carlos Augusto dos Santos Pêgo e os secretários Francisco Carlos Bezerra da Silva (Geral), Ildecir Rangel Sias (Finanças), Wagner Guerra (Projetos Especiais), Carlos Henrique Rosa da Silva (Relações Institucionais e Governamentais) e Maria do Carmo Sertã Passos (Cultura e Formação).

Em sua fala, Vinicius Mesquita ressaltou que a OCB/RJ atua para ser a voz das cooperativas fluminenses.

“Estamos sempre atentos aos cenários político, econômico e social e a movimentações que possam trazer impactos para o cooperativismo do nosso estado Com esse olhar, buscamos desenvolver produtos e serviços de orientação técnica para contribuir com a sustentabilidade das cooperativas”, destacou,

Na AGO, as pautas foram as apresentações do plano de trabalho e do orçamento para o ano de 2020, ambos aprovados por unanimidade. No plano de trabalho constam ações de fortalecimento com os poderes legislativo e executivo, em vista a projetos de lei que incentivem o modelo cooperativista no estado do Rio de Janeiro, atividades estas que serão intensificadas pelo assessor de Relações Institucionais e Governamentais da OCB/RJ, Julio Dalmaso.

Também foi anunciado que em 4 de março de 2020 será lançada a Frente Parlamentar do Cooperativismo Fluminense, visando a ampliar o espaço das cooperativas em políticas públicas, levando em conta a importância do empreendedorismo coletivo, em tempos de crise, para a inclusão social, geração de renda e desenvolvimento regional.

Em seguida, teve início a AGE em que foram aprovados por unanimidade os seguintes pontos: Reforma estatutária para inclusão do parágrafo único ao art. 1° para consignar a exclusão das cooperativas de serviços médicos da representação sindical patronal da OCB/RJ, e Reforma estatutária para revogação do art. 52 e autorização para filiação à Federação Sindical das Cooperativas.

Bruno Oliveira

Bruno Oliveira

Analista de Comunicação e Tecnologia do Sistema OCB/RJ Formado em Comunicação, com habilitação em Jornalismo. Pós-graduado em Marketing e Comunicação Empresarial.

Você também pode gostar de:

Destaques