Cooperativistas: Empolgação com novo momento do cooperativismo fluminense

A cerimônia de posse da nova gestão do Sistema OCB/Sescoop-RJ, realizado no dia 19 de junho, na Câmara Municipal do Rio de Janeiro, mostrou aos dirigentes cooperativistas presentes uma visão mais ampla dos próximos passos para o segmento no Rio de Janeiro. E essa nova forma de pensamento e trabalho empolgou os líderes de cooperativas, que vislumbram uma fase mais forte para o modelo econômico.

O presidente da Cooperativa de Trabalho Nacional dos Bancários do Estado do Rio de Janeiro (Cooberj), William Freire, é um dos entusiastas para esse novo momento do cooperativismo fluminense. “A nossa expectativa é a melhor possível, pois a instituição possui um pensamento mais moderno para o setor. A nova sede do Sistema OCB/RJ, o aumento da presença feminina e a pluralidade de ramos presentes na diretoria já mostram essa nova visão”, comentou.

Outro dirigente que desejou sucesso para a Gestão de Inovação, foi Luis Mauro dos Reis, presidente da Cooperativa de Economia e Crédito Mútuo dos Servidores da Universidade Federal Fluminense (Coosuff). “O que percebo é que a inovação será o mote deste novo grupo. Espero que aconteça um entrosamento ainda maior entre as cooperativas em prol de ofertas que visem aos cooperados e colaboradores”, falou.

Dirigente da Cooperativa de Transporte Alternativo Municipal (Cootam), de Mangaratiba, Glauco Sampaio também prestigiou a solenidade. Para ele, o fato de Vinícius Mesquita ser oriundo do ramo Transporte é importante para o setor. “Ele sabe das dificuldades e das necessidades que as cooperativas de Transporte, em suas mais diversas áreas, possuem”.

Cláudio Montenegro, presidente da Cooperativa de Trabalho dos Profissionais de Comunicação Empresarial e Integrada (Comunicoop) desejou sucesso para a nova gestão do Sistema OCB/RJ. “Esse novo grupo tem o ímpeto e todas as condições de elevar o cooperativismo para o patamar que ele realmente merece e precisa”.

E a elevação pelo crescimento, fortalecimento e visibilidade do cooperativismo do Rio de Janeiro foi dito pelo presidente Vinícius Mesquita já em seu pronunciamento durante a cerimônia de posse. “Temos como missão levar o cooperativismo para o todo o Rio de Janeiro, como uma solução para o desenvolvimento socioeconômico para as famílias. Somente assim cresceremos e nos consolidaremos perante a sociedade”.

Reportagem: Richard Hollanda – Comunicação Sistema OCB/RJ

Richard Hollanda

Richard Hollanda

Analista de Comunicação e Tecnologia do Sistema OCB/RJ. Graduado em Jornalismo pela Universidade Veiga de Almeida (UVA) e pós-graduado em Administração em Marketing e Comunicação Empresarial pela UVA.