Cooperativismo de Crédito é o primeiro a se habilitar no Pronampe

O Governo Federal acabou de anunciar que em breve terão início as operações do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe). Muito aguardado, o programa foi assunto de coletiva de imprensa em 10 de junho, no Palácio do Planalto.

Segundo o secretário Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos da Costa, 12 bancos estão em processo de habilitação junto ao governo federal para oferecer a linha de crédito. E o cooperativismo de crédito saiu na frente, pois o único que já está com tudo pronto é o Bancoob.

O FGO vai disponibilizar R$ 15,9 bilhões, do Tesouro Nacional, às agências bancárias, para avalizar empréstimos tomados por pequenos negócios, no âmbito do Pronampe. A linha de crédito é voltada para capital de giro
e a estimativa do governo é que o crédito atinja 4,5 milhões de micro e pequenas empresas, além de microempreendedores individuais.

Para contratar os empréstimos, os interessados devem buscar as instituições financeiras habilitadas (a lista poderá ser consultada no Portal do Empreendedor). O limite do empréstimo do Pronampe é equivalente a 30% do faturamento da sua empresa no ano de 2019, a taxa de juros máxima é igual a SELIC + 1,25% ao ano e o prazo de pagamento é de 36 meses, com carência de 8 meses.

Fonte: Somos Cooperativismo / Sistema OCB

Richard Hollanda

Richard Hollanda

Analista de Comunicação e Tecnologia do Sistema OCB/RJ. Graduado em Jornalismo pela Universidade Veiga de Almeida (UVA) e pós-graduado em Administração em Marketing e Comunicação Empresarial pela UVA.